domingo, outubro 30, 2005

Serafim o apóstolo

Um enorme Ramén a todos os nossos caros, fiéis e Gore seguidores.
Para hoje, trago-vos uma interessantíssima história relacionada com o nosso grande livro: a Biblia, que ocultadas durante séculos, deram origem, ao mundo blasfémico que temos hoje em dia. Histórias até certo ponto relacionadas com certos acontecimentos da actualidade.
Como todos nós "sabemos", pela sacra escritura, J.C. foi castigado e punido, pelo facto de ser o Filho do Senhor. Terá ele sido "tramado" por Judas?...
Ora tudo começou quando Jesus e os seus apóstolos (ver significado da palavra em post anterior) andavam em perigrinação, em busca de novos seguidores. Como já sabemos, Maria Madalena, era uma dos apóstolos. Mas e os outros apóstolos? Quem faria parte da equipe maravilha? Pedro com certeza, João... mas existia um apóstolo a qual foram ocultadas durante séculos as evidências de sua existência. E esse apóstolo era Serafim, irmão mais novo de Judas que, era um apóstolo anão (o que explica o facto de este não aparecer na última seia). Enquanto percorriam o mundo, as paixões intra-apostolos começariam a surgir. Maria Madalena apaixonara-se por J.C., e por razões obvias, estes dois começaram, e mantiveram até ao final da vida de Jesus, uma relação amorosa secreta. Ora durante algum tempo, a relação corria às mil maravilhas, até ao momento em que Judas se começara a apaixonar por Maria Madalena, e certo dia, este descobre a secreta relação. Após tortuosos dias, Judas decide confessar-se a seu irmão (um facto interessante, foi que esta primeira confissão se deu na wc de um bar, sendo esse o motivo, do aspecto dos actuais confessionários). Como reza (mal) a actual bíblia, Judas nesta altura trama o nosso héroi e oferece-o aos romanos. A verdade escondida, é que após a confissão de seu irmão, Serafim foi entregar J.C. A Saddam Hussein e Bin Laden (sendo por isso que George W. Bush, hoje em dia persegue estes dois infiéis cristãos, pois Bush é uma quase reincarnação do filho do Senhor). Após terem a localização de Jesus, Saddam e Bin Laden (não se espante caro leitor, pois como nós sabemos, certos seres humanos viveram mais de 900 anos), orquestraram uma captura ideal, com o "actual" imperador romano. Após a captura de J.C. e da sua morte, Judas enforca-se, e com esta versão, entende-se muito melhor este facto. Onde estaria a lógica de Judas trair J.C. e depois suicidar-se? Todos estes factos históricos tornam-se mais claros agora, e com a existência de Serafim. E o facto de este não aparecer em qualquer quadro ou escritura relacionada com J.C., ajuda-nos a compreender que tinha sido este quem realmente traíra o nosso héroi.
Um enorme Ramén a todos os nossos caros e fiéis goremente leitores e pensem nestas santas palavras .

1 Comments:

At 21:00, Blogger rafita said...

Ahhhh meu bom pastor! Só vós para nos mostrar o caminho da toda-poderosa luz do conhecimento! De facto começo a suspeitar que a honorosa biblia foi o aretfacto com que Judas limpou o traiçoeiro traseiro aquando da sua confissao a seu irmao Serafim! Após ler tao esplendorosa descoberta e tao magnificamente escrita, sugiro que se glorifique esse magnifico Serafim!!
Graças a Deus que temos tao iluminado sitio para lermos a Palavra da Salvaçao ;)

 

Enviar um comentário

<< Home